A História de dois reinos (Atilano Muradas)

< Voltar ao índice

Jesus é bom, é nossa luz.
Se você ‘inda não sabe,
Bom à beça é Jesus.

E a guerra ?
A indizível guerra entre Deus e o diabo,
Começou a muito tempo, lá no Céu,
Logo após a criação,
Muito antes de Adão,
Quando havia só o céu.

Foi Deus quem fez os anjos, serafins e querubins,
Pra com Ele habitar – habitar.
Porém, um dos querubins,
Adorar, não ‘tava, a fim,
Resolveu se rebelar.

Deus não deixou por menos,
Expulsou o revoltoso,
E quem mais o quis seguir. Sim,
O Céu, para eles, nunca mais,
Pois, quem segue Satanás,
No inferno tem seu fim.

E Jesus ?
Jesus é bom, é nossa luz.
Se você ‘inda não sabe,
Bom à beça é Jesus.

E o homem ?
O homem, obra-prima,
Habitava o paraíso que o Criador fizera.
Feliz, tinha tudo que queria,
Tinha paz e harmonia,
Tudo que alguém espera.

Porém, num belo dia,
Satanás apareceu-lhe camuflado de serpente.
O homem aceitou o papo dele,
E, assim, por causa deles,
Até hoje a gente sente

A morte, a fome, a guerra, a miséria, o desamor,
Tudo que assola a terra.
Pois é, tudo isto é conseqüência.
Quando falta obediência,
Multiplica-se a dor.

Mas, e Deus ?
E Deus, quando o mau se alastrou,
Enviou Jesus à terra com a missão de redenção,
Consumou seu grande plano
De trazer ao ser humano
Verdadeira salvação.
Mas, o homem, foi ingrato,
Desprezou o grande ato,
Rejeitou a grande sorte.
Mataram, a Jesus, covardemente.
Veio o Deus onipotente
E o levantou da morte.

E a morte foi vencida,
O diabo envergonhado,
E Jesus foi exaltado.
Jesus, nosso grande advogado,
Nos perdoa dos pecados,
E restaura a nossa vida.

E Jesus ?
Jesus é bom, é nossa luz.
Se você ‘inda não sabe,
Bom à beça é Jesus.

E a história ?
A história não contesta, quando Cristo veio aqui,
Nosso mundo, transformou, pra melhor.
E formou um contingente,
Homens e mulheres crentes,
Propagando o amor maior.

Domingo após domingo,
Eles vão se reunindo
Pra falar de Jeová e orar.
Tem campanha, tem jejum,
Todos cantam : “somos um,
E no Céu vamos morar”.

O dia está chegando,
E Jesus está voltando,
Pra buscar a sua Igreja.
Amigo, fique esperto, vem sambar,
Vem com a gente, vem depressa,
No cordão do “Bom à beça”.
É bom à beça.

Jesus é bom, é nossa luz.
Se você ‘inda não sabe,
Bom à beça é Jesus.